Aglomerando

Aglomerando - Agregador de conteúdo

Plano B - O filme que fez o tempo parar

PLANO B -O filme que fez o tempo parar

NOTA: 0,1 / 10

The Back-up Plan
EUA , 2010 - 106 min.
Comédia / Romance

Direção:
Alan Poul

Roteiro:
Kate Angelo

Elenco:
Jennifer Lopez, Alex O'Loughlin, Eric Christian Olsen, Anthony Anderson, Linda Lavin, Michaela Watkins, Noureen DeWulf

Eu imagino que nenhum diretor, que estuda por quase 3 anos, espera ter sua carreira focada para uma comédia romântica com Jennifer Lopez. É quase triste tentar entender como os filmes dela ainda movimentam público, visto que ela nunca teve um trabalho de qualidade no gênero. É claro, são pessoas que buscam histórias curiosas, fáceis, cheias de melodrama barato e piadas bobas e de mal gosto. Mas ainda assim, cair num poço de vergonha alheia como Plano B, parece ser algo que não faz sentido. Ano passado, postei aqui a crítica de uma das maiores perdas de tempo que já assisti no cinema em minha vida. Uma lição de Amor, recebeu nota 0,5. Alien Vs. Predador, recebeu 0,3, mas tendo em conta que é mais pela decepção do filme do que realmente pela qualidade (eu assistiria 5 vezes AVP, antes de assistir Plano B novamente). Pois bem, a marca foi superada. Obrigado Jennifer Lopez, seu filme tem o poder de esticar o tempo, transformando 1h40 de filme em absurdas 5 horas de tortura. Muito Obrigado.

Mulher que está ficando para titia desiste de tentar encontrar o amor de sua vida, faz inseminação artificial e conhece o amor de sua vida.

Não sei nem mesmo como começar essa crítica. A minha primeira risada nesse "filme de comédia" chegou lá pela 3ª hora...quer dizer, depois de uns 40 minutos de filme. Mesmo nas piores comédias que assisti tive momentos mais engraçados antes dos 10 minutos. Alan Paul até tenta construir um clima de novidade com algumas escapadas da fórmula pronta, mas até a abertura soa recalchutada. Fora isso, piadas de mal gosto afloram a todo momento: piadas com esperma, cocô, mulheres grávidas porcas, cocô. É sério, só de falar disso é constrangedor. Assistir em um filme consegue ser ainda mais vergonhoso. Eu quero acreditar que seja uma vingança do diretor ao estúdio que o empurrou para essa roubada.

Jennifer Lopez é um desastre a parte. Artificial e completamente sem graça, ela passa 104 minutos fazendo caretas para a câmera. Não adianta dona Lopez, desista. Se você espera ao menos ver a atriz seminua ou coisa do tipo, esqueça. O máximo que você vai conseguir é uma tomada das pernas dela de fora. E só. Em compensação, o protagonista sem camisa não falta. Fora isso, o único destaque do elenco é Cesar Milan, O Encantador de Cães, que faz uma ponta de 2 minutos. O melhor ator em cena.

Aliás, isso é interessante. O filme tenta construir umas 3 análises do comportamento da personagem Zoe. Em uma, é sua relação com a avó. Tudo gira em torno de Zoe ficar sozinha sem ninguém, por isso a gravidez. Na outra, a metáfora da moeda de um centavo virada, que parece ser o ponto norteador do filme. Ledo engano, também há uma metáfora sobre a aplicação das regras do Encantador de Cães na história. Ou seja, uma confusão de pensamentos, regados a más interpretações, piadas sem graça e nojentas, diálogos estúpidos e tudo o mais que uma comédia romântica de baixa qualidade possa oferecer.

Citando uma crítica de Plano B: "O filme é tão ruim que chamá-lo de 'filme de fórmula' é ofender os 'filmes de fórmula' que estão no mercado".

Um comentário:

lematinee disse...

Não vi o filme, não pretendia ver e nem pretendo, rs... E eu já esperava que fosse uma porcaria mesmo.

Sou mto enjoada pra comédia romântica, detesto quase todas, acho que sou mto vanguardista pra achar uma comédia romântica "bonitinha".

E quanto a Jennifer Lopez, eu tento não levar pro pessoal quando me refiro a ela como atriz, mas a realidade é que 1 - eu detesto ela e 2 - Ela é péssima e não sabe atuar... fato!

Se a nota fosse superior a 6, eu até ficaria intrigada e iria me esforçar pra ver. Obrigado por detonar o filme! Assim não perco meu tempo, hehehehehe